BUSCA POR PALAVRA CHAVE    
BUSCA POR TEMA    
NOSSO OBJETIVO
O QUE É FILOSOFIA?
VIRTUDES
VÍCIOS
TEXTOS DE FILÓSOFOS
EDUCAÇÃO
PEQUENOS TEXTOS
REFLEXÕES SOBRE
GRANDES PENSADORES

CONFIRA OS TEXTOS:
MAIS LIDOS
DESTAQUES
O que é a bondade - Tom Morris

Interpretando incorretamente a ética[1]

 

Tom Morris[2]

 

A bondade é o único investimento que sempre compensa. Henry David Thoreau

 

Há vários anos, quando fui solicitado pela primeira vez a percorrer a comunidade empresarial mais ampla e, como filósofo, falar sobre ética, decidi pesquisar o que os homens e as mulheres de negócios contemporâneos estavam lendo, ouvindo e dizendo sobre questões éticas. Li artigos de revistas, publicações profissionais e livros populares. Assisti a vídeos e ouvi fitas. Estudei todos os materiais motivacionais mais conhecidos. E, além disso, decidi consultar citações em todos os dicionários existentes para saber como os outros palestrantes estavam abordando o assunto.

Minha maior surpresa ocorreu quando folheava um desses manuais de citações, consultando tópicos como "ética", "moralidade", "bem", "mal" e "virtude". Um percentual significativo das citações consultadas, às vezes até a maioria, tinha uma conotação negativa, cética ou desdenhosa. Muitas vezes, tenho que admitir, eram citações bastante engraçadas - como a famosa observação de Mae West que, sempre que era obrigada a escolher entre duas maldades, preferia optar pela que nunca havia praticado; ou a visão de Woody Allen de que "aparentemente, as pessoas boas dormem melhor à noite, porém as más parecem se divertir mais quando estão acordadas".  Observação inteligente e notável.

Por que tantas citações sobre moralidade ou ética incluem essa atitude negativa? Uma das razões mais importantes é que, durante muito tempo, muitas pessoas parecem ter interpretado incorretamente o que é ética. Acreditam que a ética está associada à restrição e à coibição, e implica em não poder fazer o que realmente gostaríamos, limitados pelo controle social ou visando a não ofender os mais hipócritas. Enquanto não nos livrarmos dessa ilusão, não apreciaremos uma das bases mais importantes do espírito   positivo na empresa, e do sucesso sustentável no trabalho.

 

O que é a bondade moral

 

A bondade é uma forma especial de verdade e beleza. É verdade e beleza no comportamento humano. H. A. Overstreet

 

 

Nós, seres humanos, precisamos da bondade em nossas vidas tanto quanto precisamos da verdade e da beleza. Na verdade, há conexões profundas entre essas três virtudes transcendentais. Já se disse que a verdade é uma grande beleza e que a beleza é a verdade mais profunda do mundo. Talvez isso nos leve a refletir se isso é apenas poesia ou realidade. O poeta John Keats declarou: "O que a imaginação julga como beleza deve ser verdade." Mas muitos matemáticos e físicos parecem concordar quando revelam pistas da elegância intelectual nas verdades mais ocultas de nosso mundo.

O filosofo Jean-Jacques Rousseau afirmou certa vez: “Sempre acreditei que fazer o bem é simplesmente colocar a beleza em prática.” E para mim é inegável que uma das formas mais comuns de afastar-se da bondade e afastar-se da verdade.

Como a verdade e a beleza, a bondade é o solo no qual a alma pode crescer e florescer. Sem ela os seres humanos perdem o vigor, enrijecem e morrem espiritualmente. A bondade é uma condição necessária para relacionamentos saudáveis e para a prosperidade comum. Moralidade não é privação, negação e limitação artificial; pelo contrário, é viver tão bem quanto um ser humano é capaz de viver.



[1] Tom Morris, do livro: E se Aristóteles dirigisse a General Motors?, Tradução de Ana Beatriz Rodrigues e Priscilla Martins Celeste. Editora Campus, 2004.

[2] Tom Morris foi professor de filosofia da Notre Dame durante 15 anos. Desde que deixou a Notre Dame, em 1994, tornou-se um dos especialistas em motivação mais requisitados dos Estados unidos.

ITENS RELACIONADOS:
LIVROS
E se Aristóteles dirigisse a General Motors?

topo da página imprimir indicar
O conteúdo deste site é livre de direitos para divulgação, desde que gratuita. Pede-se que sejam mantidos os devidos créditos.